Posts

Prótese de Joelho

A prótese total de joelho é um implante utilizado para substituir a articulação joelho. Utilizada para joelhos degenerados e dolorosos, com resultados satisfatórios na grande maioria dos pacientes. Na grande maioria dos implantes disponíveis, consiste de 4 componentes:

Componente metálico tibial
Componente metálico femoral
Polietileno (fica entre os componentes tibial e femoral)
Componente patelar (polietileno)
A prótese do joelho é na realidade a última linha de tratamento da artrose do joelho. Antes dela, deve-se realizar o tratamento não cirúrgico, com fisioterapia, exercícios específicos, perda de peso e alguns medicamentos que podem auxiliar no manejo da dor. A indicação de colocação da prótese geralmente vem do próprio paciente, quando o mesmo já tentou todas as alternativas terapêuticas porém ainda sente dor intensa contínua. Nestes casos, com indicação correta e no momento certo, a substituição da articulação do joelho pela prótese oferece resultados extremamente satisfatórios, sendo frequente o paciente relatar que deveria ter operado antes.

A prótese não dura por tempo indeterminado. Esperamos que dure por mais de 10 – 15 anos. Em alguns casos, dura mais de 25 anos. Porém chega um momento que ela começa a soltar do osso, e isto causa dor, sendo portanto necessária a troca da prótese. A cirurgia de troca da prótese é uma cirurgia tecnicamente mais difícil e mais complicada, com maior chance de complicações. Este é o motivo para tentarmos indicar a colocação da primeira prótese o mais tardiamente possível, para não ser necessária a sua troca.

Outros motivos de troca da prótese são infecção e falhas técnicas na sua implantação. Em alguns casos, a prótese solta antes do esperado, sem causas identificáveis. Após a colocação da prótese de joelho, o paciente anda com auxílio de andador/muletas por aproximadamente 4 semanas, porém já pode pisar com carga parcial desde o segundo dia após a cirurgia. É fundamental uma boa reabilitação com orientação fisioterápica. Após 2 meses da cirurgia, espera-se que o paciente deambule sem auxílio de muletas e sem claudicar.

WhatsApp chat